AgendaO CinemaContactos

A

A

A

In his bold gazeIn his bold gaze
Curtas #3
CinemaCinema
Sala 3

Em 2020, o Queer Lisboa celebra a sua 24.ª edição que acontecerá, como é habitual, de forma presencial. Num ano em que é fundamental celebrar a presença e a força das muitas expressões e comunidades queer, o grande destaque do festival vai para a secção Queer Focus, que engloba seis programas distintos, cada um deles sob o signo de um termo-chave: Cruising, Pele, Memória, Sexo, Corpos e Jogo.

------------------------------

 

La Traction des Pôles 
Marine Levéel (França, 2019, 23’) / Curta Fic.

Leg. Inglês. M/16


De perto, Mickaël parece mover-se numa nebulosa de desejos: encontrar o seu porco perdido, obter a certificação de agricultura biológica, deixar de estar sozinho num deserto árido. Mas ao longe, Mickaël parece-se mais a um íman atraído por Paul.

 

Chrishna Ombwiri 
Claire Doyon (França, 2019, 13’) / Doc. Curto.

Leg. Inglês. M/16 


Chrishna tornou-se uma mulher de novo. Enquanto a água corre, ela recorda e relata-nos. Os espíritos do rio ficam atentos.

 

In His Bold Gaze 
Bernardo Zanotta (Holanda, Brasil, 2020, 20’) / Docuficção.

Leg. Inglês. M/16


Um gay não assumido, a sua mãe e o seu amante são apanhados num docudrama canibal, precário na sua relação entre o que está dentro e fora do ecrã.

 

Minha História É Outra 
Mariana Campos (Brasil, 2019, 22’) / Doc. Curto.

Leg. Inglês. M/16 


O amor entre mulheres negras é mais do que uma história de amor? Niázia, moradora do Morro da Otto, em Niterói, abre a sua casa para compartilhar as camadas mais importantes na busca por essa resposta. Já a estudante de direito Leilane apresenta-nos os desafios e possibilidades de construir uma jornada de afeto com Camila.

 

Progressive Touch
Michael Portnoy (Áustria, Holanda, EUA, 2019, 12’) / Curta Fic.

S/ Diálogos. M/18

 

Podemos foder ao ritmo de uma batida irregular? Progressive Touch retrata três cenas de amor atmosféricas e absurdas, nas quais o objetivo é “melhorar” o sexo, complicando o seu ritmo e a sua coreografia. Sexo como dança como comédia. Encenado por três casais da vida real, todos os movimentos explícitos dos bailarinos são sincronizados com a partitura propulsiva e imprevisível, que toma elementos do rock progressivo, do trap e do math metal.



Informações Úteis

Bilhete inteiro: 4,00€ | com desconto: 3,50€*

Pack 5 bilhetes para 5 sessões diferentes pelo preço de 4: 16,00€ | com desconto: 14,00€*

*(Menores de 25 anos, maiores de 65 anos, funcionários da Câmara Municipal de Lisboa e membros das Associações LGBTI+, devidamente identificados)

 

Bilhetes à venda a partir de 9 de setembro. Brevemente estarão disponíveis as informações completas de programação.

 

IMPORTANTE

- No quadro do esforço nacional de contenção da propagação da COVID-19, a lotação das salas encontra-se limitada. O uso de máscara é obrigatório. Conheça todas as normas e recomendações aqui.

Horários

22 Set

Ter: 18:30