Ir para o conteúdo principal
HISTÓRIA
  • 1946
    28 novembro
    É formalizada a venda de um "prédio situado na Avenida da Liberdade com o valor matricial de seiscentos e vinte e sete mil, novecentos e vinte escudos". A propriedade é adquirida pela Sociedade Anglo-Portuguesa de Cinema por seiscentos e quarenta mil escudos. A Sociedade Anglo-Portuguesa reúne capitais lusos e britânicos, representando interesses da Rank Organisation.
  • 1947
    26 dezembro
    A Câmara Municipal de Lisboa prova o ante-projeto do Arquitecto Fernando Silva que visa a edificação do futuro Cinema São Jorge.
  • 1950
    Projectado pelo Arquitecto Fernando Silva, o Cinema São Jorge vence o Prémio Municipal de Arquitectura. É o reconhecimento da modernidade de um edifício que, em Lisboa, não tem rival à altura.

    A 24 de Fevereiro abertura do Cinema São Jorge ao público, depois de, a 22, ter realizado uma sessão pré-inaugural para funcionários e, a 23, uma gala para grandes figuras de Estado. Abre com o filme "Os Sapatos Vermelhos" da dupla de realizadores Michael Powell e Emeric Pressburger.
  • 1972
    A Lusomundo tenta, sem sucesso, comprar o Cinema São Jorge. É a primeira de muitas tentativas que permanecerão sem efeito.
  • 1974
    17 junho
    Em 1974 a Sociedade Anglo-Portugesa de Cinemas, pediu autorização à câmara para efectuar "obras destinadas a transformar a actual sala de espectáculos num complexo de três cinemas". A câmara não dá deferimento ao pedido. Em 1980 renova o seu desejo, desta vez com sucesso. O projecto de transformação do São Jorge num complexo de três salas é da autoria do Engenheiro Artur Pinto Martins. O projecto é aprovado pelo Conselho Técnico da Direcção-Geral de Espectáculos.
  • 1981
    junho
    Encerramento do Cinema São Jorge para obras de remodelação. Até este momento tinha recebido 21 milhões de espetadores.
  • 1982
    26 setembro
    Conclusão das obras de remodelação, que representaram um investimento de 27 500 contos. Reabertura do novo Cinema São Jorge, com a estreia do filme "For your Eyes Only", na Sala 1, com a presença do ator Roger Moore.
  • 1985
    12 julho
    A Rank Organisation abandona 75 por cento do capital do São Jorge e vende a sua quota à empresa norte-americana Cinema International Corporation. O capital português é adquirido por Simão Fernandes.
  • 1990
    21 dezembro
    A Cinema Internacional Corporation solicita à CML autorização para nova alteração do cinema. O projeto é proveniente do gabinete do Arquiteto Manuel Guilherme Pardal Monteiro Magalhães e propõe a manutenção da fachada do edifício e a “total demolição” do seu interior. O São Jorge seria transformado num espaço multifuncional, dotado de pequenos cinemas (ou auditórios), escritórios, áreas comerciais e estacionamento.
  • 1992
    fevereiro
    O projeto é chumbado pelo IPPC - instituto Português do Património Cultural, depois de uma primeira rejeição por "informação deficiente". "Entende-se que os valores culturais em jogo aconselham um prévio aprofundamento das hipóteses possíveis de intervenção no edifício".
  • 2000
    agosto
    É celebrado o contrato de promessa de compra e venda entre a Cinema Internacional Corporation e a Euroamer.

    setembro
    O Estado, que detém direito de preferência na compra do São Jorge – prevista na Lei do Património Cultural – indicia que não pretende exercê-lo.

    novembro
    Euroamer comunica ao IPPAR – Instituto Português do Património Arquitectónico, que vai ceder à Velvet os seus direitos no negócio do São Jorge.Dá-se novo encerramento do Cinema São Jorge. No mesmo mês, a CML, presidida por João Soares, anuncia a intenção de adquirir o imóvel e procura parceiro
  • 2001
    4 janeiro
    O Presidente da CML anuncia que a câmara vai exercer o direito de preferência sobre o Cinema São Jorge, mesmo sem a parceria do Ministério da Cultura e do IPPAR. Quer "devolver ao São Jorge o estatuto de grande sala de espectáculos" e de "pólo dinamizador da Avenida da Liberdade". A compra é efectuada por um milhão de contos.

    24 novembro
    Após uma intervenção no edifício – quer a nível da fachada quer a nível do interior – o Cinema São Jorge reabre ao público com o objetivo de acolher alguns dos principais festivais de cinema: Indie Lisboa, Festa do Cinema Francês, Doc Lisboa, Mostra de Cinema Brasileiro, Queer – Festival de Cinema Gay e Lésbico, entre outros.
  • 2003
    abril
    A gestão do São Jorge é entregue à EGEAC - Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural e passa a ter a sua programação articulada com os restantes equipamentos de Lisboa: Teatro São Luiz; Teatro Maria Matos; Castelo de S. Jorge; Fórum Lisboa; Padrão dos Descobrimentos; Teatro Taborda; Museu do Fado; Museu da Marioneta.

    maio
    O Cinema São Jorge acolhe pela primeira vez a Monstra - Festival de Cinema de Animação de Lisboa, então na sua 3ª edição.

    outubro
    O Cinema São Jorge passa a acolher a Festa do Cinema Francês, então na sua 4ª edição, iniciando uma relação de longa data.
  • 2004
    24 setembro
    Arranque da primeira edição do IndieLisboa, parceiro sólido e de longa data do Cinema São Jorge.
  • 2006
    junho
    Reabertura do Cinema são Jorge, com a festa de lançamento do Lisbon Village Festival - 1º Festival de Cinema Digital da Europa.

    setembro
    O Cinema São Jorge passa a acolher o Queer Lisboa (então Festival de Cinema Gay e Lésbico de Lisboa), a partir da sua 10ª edição.
  • 2007
    5 setembro
    Arranque da primeira edição do fulgurante MOTELX – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa.

    outubro
    A Cinema São Jorge passa a ser uma das casas regulares do Doclisboa, então na sua 5ª edição.
    Obras de beneficiação das Salas 2 e 3, que passam a poder acolher programação mais diversificada, nomeadamente concertos, conferências, lançamentos de discos e livros.
  • 2009
    30 janeiro
    Antestreia portuguesa de Quem Quer Ser Bilionário, filme de Danny Boyle que arrebataria 8 Óscares, entre os quais Melhor Filme e Melhor Realizador.

    26 março
    Tito Paris sobe ao palco do Cinema São Jorge para um concerto único na companhia de Bernardo Sassetti e da Orquestra Metropolitana de Lisboa.

    27 março
    Estreia do ciclo internacional Novos Cinemas de África.
  • 2010
    25 novembro
    Início da primeira Mostra de Cinema da América Latina, coproduzida com a Casa da América Latina de Lisboa.
  • 2011
    28 abril
    Inauguração da Sala Manoel de Oliveira - antiga Sala 1 - com a presença do realizador.
  • 2012
    6 fevereiro
    Antestreia de Star Wars - A Ameaça Fantasma, em versão 3D.

    14 março
    Antestreia do filme Tabu, de Miguel Gomes, multipremiado e aclamado pela crítica nacional e internacional.

    14 junho
    Arranque da primeira edição do SAL - Surf At Lisbon Film Fest, um dos parceiros que rapidamente se consolidaria no Cinema São Jorge.
  • 2014
    1 fevereiro
    Início da primeira edição do PLAY – Festival Internacional de Cinema Infantil e Juvenil de Lisboa.

    junho
    O Cinema São Jorge acolhe a primeira edição do festival Olhares do Mediterrâneo.
  • 2015
    junho
    Primeira edição do AR – Mostra de Cinema Argentino.

    dezembro
    O Cinema São Jorge acolhe pela primeira vez o Muvi - Festival Internacional de Música no Cinema, então na sua segunda edição.
  • 2016
    junho
    Inserido no programa oficial das Festas de Lisboa, o Lisbon Motorcycle Film Fest organiza a sua primeira edição no Cinema São Jorge.
  • 2017
    12 janeiro
    Arranque do 4º Congresso dos Jornalistas Portugueses, depois de 18 anos sem qualquer reunião magna da profissão.

    janeiro
    O Cinema São Jorge assume temporariamente a gestão do renovado Cineteatro Capitólio, antes da sua concessão decidida em concurso público.

    abril
    Primeira edição do Festival Política.
  • 2018
    Abertura da Sala Rank, depois de obras detalhadas de recuperação do espaço.Substituição do projetor da sala Manoel de Oliveira.
  • 2019
    junho
    O Cinema São Jorge acolhe pela primeira vez o Arquiteturas Film Festival, então na sua 7ª edição.

    julho
    Realização da primeira Mostra de Cinema do Brasil em Lisboa.
  • 2020
    janeiro
    Realização de obras estruturais na Sala Manoel de Oliveira, destinadas à substituição integral do sistema de som, hoje totalmente renovado e adaptado às exigências do cinema digital.

    janeiro
    Arranque das atividades do Afim de Filmes - Projeto Educativo do Cinema São Jorge

    setembro
    O Cinema São Jorge acolhe pela primeira vez o Festival Mental, então na sua 4ª edição
  • 2021
    setembro
    O Cinema São Jorge participa na iniciativa Open House da Trienal de Arquitetura de Lisboa

    novembro
    Primeira edição da Mostra-me - Mostra de Cinema de Direitos Humanos, organizada pela Amnistia Internacional

    novembro
    O CineFiesta, mostra de cinema integrada na Mostra Espanha, regressa ao Cinema São Jorge

    novembro/dezembro
    O Cinema São Jorge acolhe a primeira edição do Outsiders - Mostra de Cinema Independente Americano
  • 2022
    fevereiro
    estreia do espetáculo Cinema Medo, primeira experiência de teatro imersivo neste espaço, promovido pelo Cinema São Jorge e com criação do teatro Reflexo

    março
    Substituição do projetor da sala 3